A vacinação é a melhor forma para prevenir a Doença Meningocócica

April 24, 2019

 

A vacinação é a principal forma de prevenção da doença meningocócica. As vacinas contra os tipos ou sorogrupos A, B, C, W e Y são seguras e com boa eficácia pois, em média, mais de 95% dos vacinados ficam protegidos. No entanto, a proteção gerada pelas vacinas conjugadas (meningocócica C e ACWY) não é para toda a vida. O mesmo acontece com quem já teve a doença, ou seja, a quantidade de anticorpos cai ao longo do tempo e o indivíduo deixa de estar protegido. Por isso é fundamental tomar as doses de reforço conforme as recomendações das sociedades brasileiras de Imunizações (SBIm) e Pediatria (SBP).


Confira as vacinas disponíveis para prevenir contra a doença e suas respectivas indicações e esquemas de dosagens.


Vacina Meningocócica B: previne contra meningites e infecções generalizadas - doenças meningocócicas - causadas pela bactéria meningococo do tipo B. No início de abril, a Anvisa aprovou um novo esquema de doses para a vacina:


- Para crianças de 2 a 5 meses: 3 doses com intervalo mínimo de 1 mês e mais 1 dose de reforço entre 12 e 15 meses. Bebês de 3 a 5 meses podem receber 2 doses com intervalo mínimo de 2 meses e 1 dose de reforço também entre 12 meses e 15 meses.


- Para crianças de 6 e 11 meses: duas doses com intervalo de dois meses e uma dose de reforço no segundo ano de vida respeitando-se um intervalo mínimo de dois meses da última dose recebida;


- Para crianças de 12 a 23 meses: 2 doses com intervalo mínimo de 2 meses e 1 dose de reforço (intervalo de 12 a 23 meses entre a série primária e a dose de reforço);


- Para crianças de 2 a 10 anos: 2 doses com intervalo mínimo de 1 mês.


- Para adolescentes (a partir de 11 anos) e adultos até 50 anos: 2 doses com intervalo mínimo de 1 mês.


Vacina Meningocócica C Conjugada: previne contra doenças causadas pelo meningococo C - incluindo meningite e meningococcemia. O PNI disponibiliza três doses da vacina:


- Para crianças de 3 e 5 meses: um dose com reforço aos 12 meses (podendo ser aplicado até os 4 anos). As sociedades brasileiras de Pediatria e de Imunizações recomendam que, além dessas doses, sejam feitos reforços entre 5 e 6 e aos 11 anos de idade.


- Para adolescentes: duas doses da vacina com intervalo de cinco anos, preferencialmente da vacina meningocócica conjugada ACWY. O Programa Nacional de Imunizações (PNI), a partir de 2017, passou a disponibilizar uma dose para adolescentes de 12 e 13 anos (como reforço do esquema infantil ou como dose única nesta faixa etária).


- Para adultos: dose única somente em situações que justifiquem.


A SBIm recomenda que a vacina meningocócica conjugada quadrivalente (ACWY) seja preferida para crianças, adolescentes e adultos, visto conferir proteção para três outros tipos de meningococos, além do C. Em todas essas faixas etárias, na impossibilidade de usar a vacina ACWY, deve-se utilizar a meningocócica C.


Vacina Meningocócica Conjugada Quadrivalente - ACWY: previne contra meningites e infecções generalizadas - doenças meningocócicas - causadas pela bactéria meningococo dos tipos A, C, W e Y. Confira o esquema de dosagem:


- Para crianças: a vacinação deve iniciar aos 3 meses de idade com três doses no primeiro ano de vida e reforços aos 12 meses, 5 anos e 11 anos de idade.


- Para adolescentes: para pessoas dessa fase que nunca receberam a vacina meningocócica conjugada quadrivalente — ACWY, são recomendadas duas doses com intervalo de cinco anos.


- Para adultos: é indicada uma dose única.


É importante lembrar que as sociedades brasileiras de Pediatria e de Imunizações recomendam o uso rotineiro dessa vacina para crianças, adolescentes e adultos.


Fontes:


1. Sbim. Consultado em 08 de Abril de 2019. Disponível em https://familia.sbim.org.br/seu-calendario/crianca
2. Sbim. Consultado em 08 de Abril de 2019. Disponível em https://familia.sbim.org.br/doencas/88-doenca-meningococica-dm

 

Share on Facebook
Please reload

Posts Em Destaque

A Revolta da Vacina

February 7, 2020

1/3
Please reload

Posts Recentes

February 7, 2020

Please reload

Arquivo