[google4ef896410eb5a6b5.html] [google4ef896410eb5a6b5.html] Por que você deve se preocupar com a hepatite?

PORTO ALEGRE / RS

Rua Silva Jardim, 408

Mont Serrat

Porto Alegre - RS

90450-070

 

+55 51 3061 4004

CAMPINAS / SP

Av. Sen. Antônio Lacerda Franco, 735
Jardim do Lago
Campinas – SP
13050-030

 

+55 19 3045 8500

  • Imunosul Vacinas Humanas
  • Imunosul Vacinas Humanas

Por que você deve se preocupar com a hepatite?

May 31, 2019

 

O que é Hepatite?

A hepatite é a inflamação do fígado. Pode ser causada por vírus ou pelo uso de alguns remédios, álcool e outras drogas, assim como por doenças autoimunes, metabólicas e genéticas.

 

Tipos de Hepatite

A Hepatite é causada pelo vírus  A, B, C, D e E. No nosso país, as mais comuns são as 3 primeiras, e por isso são as mais conhecidas da população. A doença, apesar de causar danos ao fígado, em alguns casos pode ser doenças silenciosas que nem sempre apresenta sintomas.

 

Sintomas:

Quando apresentados, os sintomas são:

  • Cansaço

  • Febre

  • Mal-estar

  • Tontura

  • Enjoo

  • Vômitos

  • Dor abdominal

  • Pele e olhos amarelados

  • Urina escura

  • Fezes claras

 

Vacinação:

Apenas para o tipo A e B possuem vacina que previne infeção, entretanto quem se vacina para hepatite B, se protege também para hepatite D.

 

Esquema vacinal da hepatite A:

  • Duas doses com intervalo de seis meses.

  • A sociedade brasileira de Pediatria de Imunizações (SBIm) recomendam a aplicação rotineira aos 12 e 18 meses de idade, ou o mais cedo possível, quando a vacinação não ocorrer nestas idades recomendadas.

  • O Programa Nacional de Imunizações (PNI), a faixa etária do esquema de dose única da vacina para crianças entre 15 meses e antes de completar ​5 anos de idade.

 Esquema vacinal da hepatite B:

  • Para a vacinação rotineira de crianças, o Programa Nacional de Imunizações (PNI) adotou o esquema de quatro doses: ao nascimento e aos 2, 4 e 6 meses de vida.

  • A Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) recomendam os esquemas de quatro doses (adotado pelo PNI) ou de três doses: ao nascimento e aos 2 e 6 meses de vida.

  • Para crianças mais velhas, adolescentes e adultos (eventualmente não vacinados no primeiro ano de vida), o PNI e SBIm recomendam três doses com intervalo de um mês entre primeira e a segunda e de cinco meses da segunda para a terceira.

  • Prematuros vacinados ao nascer necessitam, obrigatoriamente, de quatro doses.

  • Em menores de 16 anos, duas doses com intervalo de seis meses. Nas maiores, o esquema é de três doses, com intervalo de um mês entre a primeira e a segunda e de cinco meses da segunda para a terceira.

  • Pessoas com comprometimento do sistema imunológico necessitam de dose dobrada em quatro aplicações (esquema 0-1-2-6 meses), para melhorar a resposta ao estímulo produzido pela vacina. Devem realizar exames periódicos para acompanhar os níveis de anticorpos e, sempre que a quantidade diminuir, receber um reforço com dose dobrada.

 

Fontes:

Ministério da Saúde. Consultado em 27 de Maio de 2019. Disponível em:

http://portalms.saude.gov.br/saude-de-a-z/hepatite#perguntas-respostas

Família SBIM. Consultado em 27 de Maio de 2019. Disponível em:

https://familia.sbim.org.br/vacinas/vacinas-disponiveis/vacina-hepatite-a

Família SBIM. Consultado em 27 de Maio de 2019. Disponível em:

https://familia.sbim.org.br/vacinas/vacinas-disponiveis/vacina-hepatite-b

Share on Facebook
Please reload

Posts Em Destaque

O sucesso da campanha de vacinação da sua empresa depende diretamente do engajamento dos colaboradores.

March 16, 2018

1/2
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo